Muito em pouco (pouco em muito?)

18 outubro 2017
Não sei por onde começar. Acho que falando isso dá um impacto de bom começo e não te deixe esperando muito sobre isso aqui.

Eu parei de escrever. Parei, acho que desaprendi, sei lá, vai saber o porque das minhas rasões nunca aparecerem na hora que mais preciso. Mas algo apareceu em mim, algo que não aparecia a muito tempo, uma vontade de descrever o que sinto, mesmo não sabendo direito o que sinto, e por isso desse texto ser uma confusão sem fim. 

Tudo o que eu escrevo é assim, confuso. Desculpas para quem lê isso, que não consigo chamar de texto/crônica ou como você consegue definir. Mas é isso, estou aqui, talvez não tão confuso quanto antes, mas com toda certeza com mais caraminholas que antes.

Esse texto (olha só não falei "isso" dessa vez), deveria ter sido escrito sem vírgulas, pontos, como os meus pensamentos no momento onde escrevo, se eu pudesse falar com você, agora, nesse momento, você provavelmente pensaria que sou alguém que errou, tentando justificar seu erro com justificativas falhas. Talvez seja isso, mas não sei como descrever, porque é tudo muito confuso, como esse TEXTO, como eu e como a minha vida. E é assim com tanta confusão e pouca explicação que volto escrever nesse espaço em branco, que fico horas olhando para uma barra piscando, buscando algo confuso para digitar.

3 cantoras que você precisa conhecer!

21 julho 2017

Enfim, volto a blogar em um espacinho que eu tanto amo e que sempre fico indo e voltando toda hora, mas sempre volto por motivo de: AMO ISSO AQUI! Então, isso deveria ser um olá, ou um pedido de desculpas. 

Sempre compartilhava minhas musicas preferidas aqui, e o pessoal gostava pois curto algumas musiquinhas diferentonas (talvez nem tanto gente), mas sempre adorei falar sobre musica e compartilhar artistas com todo mundo, como costumo dizer: se você é meu amigo, você vai receber um milhão de links do youtube todo dia. Então vamos logo que quero apresentar uma cantoras maravilhosas que tanto amo.
Back to Top